Facebook Google+ Twitter

É possível congelar novamente um alimento descongelado?

Postado em Depoimentos e dicas para o seu negócio, Lanchonete, Padaria, Pizzaria, Quero Me Atualizar, Restaurante em August 1st, 2016

shutterstock_282308393

Olá, leitor! Sabemos que é muito importante seguir as etapas de manuseio e preparo dos alimentos de acordo com a especificidade de cada ingrediente. Assim, você garante que o item está próprio para consumo, com sabor e nutrientes em bom estado. Porém, em alguns casos, descongelamos alimentos que, por motivos diversos, não são utilizados no mesmo momento. Disso vem a questão: é possível congelar novamente esses produtos descongelados?

Segundo a Agência Espanhola de Consumo, Segurança Alimentar e Nutrição (AECOSAN), não é indicado congelar de novo um alimento que foi descongelado, a menos que ele seja cozido antes de voltar para o freezer. Isso, porém, é visto de outra forma pelo Serviço de Inspeção Alimentar do Ministério da Agricultura dos Estados Unidos. Segundo este órgão, “os alimentos descongelados total ou parcialmente podem voltar a ser congelados de forma segura sempre que ainda apresentarem cristais de gelo, ou se não tiverem excedido os 4,4°”.

Ao congelar indevidamente você pode afetar a qualidade dos ingredientes, além de que, em alguns casos, pode favorecer a proliferação de bactérias, o que torna o alimento impróprio para consumo.

Para um descongelamento adequado, especialistas recomendam usar as prateleiras de baixo da geladeira, quando há tempo hábil para isso, ou usar a função “descongelar” do micro-ondas, caso esteja com pressa. É importante saber que descongelar ao ar livre aumenta os riscos de proliferação de bactérias, não sendo indicado para seu estabelecimento.

O ideal, no final das contas, é descongelar apenas os itens que serão realmente utilizados, evitando a necessidade de levá-los de volta ao freezer. O alimento costuma ficar mais ressecado da primeira vez que é descongelado. Caso isso ocorra duas vezes, o sabor, textura e qualidade do item serão prejudicados.

Agora basta colocar nossas dicas em prática!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>