Você conhece a uva “País”?

Speciale22.02

Rara e de difícil vinificação, a uva País tem demandado técnicas extremamente avançadas e inovação dos produtores que desejam transformá-la em vinho.

A espécie foi trazida pelos espanhóis para o Chile ainda no século XVI, e a mesma se tornou representante das principais vinícolas locais –papel hoje exercido pela Carmenère—, contando com traços de acidez e textura pronunciadas capazes de produzir vinhos bastante rústicos.

Miguel Torres e Louis-Anoine Luyt, produtores chileno e francês, respectivamente, são dois dos maiores estudiosos do mundo da uva País, sendo responsáveis pela adoção da mesma em diversas de suas bebidas, que podem acompanhar bem refeições à base de carnes.

No Brasil, os vinhos produzidos a partir da País são dificilmente encontrados, e só podem ser comprados em quantidades limitadas.

Profissionalize seus funcionários e tenha uma empresa mais lucrativa

Olá empreendedor! Hoje vamos falar sobre como a profissionalização dos funcionários é a base de qualquer empresa. Ter funcionários preparados para o cargo que ocupam reduz custos, melhora a qualidade do trabalho e beneficia a imagem da empresa como um todo.

Capturar

Para melhorar a profissionalização dos funcionários de sua empresa você deve ter em mente quatro pontos: o processo de seleção dos trabalhadores, o treinamento, o ambiente de trabalho em que estão inseridos e a motivação de cada um deles.

Procure você mesmo realizar as entrevistas de emprego. Seja lógico e racional, evitando envolvimentos emocionais durante o processo. Evite contratar amigos e familiares, pois eles podem não ser tão preparados. Pedir referências nos últimos empregos é um bom pré-requisito.

Não se esqueça de que você pode contratar uma empresa especializada em processos seletivos, facilitando assim a admissão de funcionários competentes e de acordo com o perfil exigido.

Para algumas tarefas específicas da empresa, procure realizar treinamentos continuamente. Entidades de apoio empresarial, como o Senac, oferecem esse serviço. O desenvolvimento dos funcionários facilita seu crescimento na empresa e o alcance de melhores performances.

Com relação ao ambiente de trabalho, ouça os colaboradores para realizar mudanças e melhorias. Afinal, quem não trabalha melhor em um ambiente em que se sente bem? Um maior grau de satisfação dos trabalhadores reflete em melhor desempenho das funções.

E, por fim, tenha em mente sempre que para o crescimento da sua empresa é preciso manter seus funcionários motivados. Estabeleça um pouco de competição de forma saudável, com metas e objetivos definidos. Além disso, valorize os que obtiverem melhores resultados e os incentive a superar limites. Afinal, quem é valorizado, se sente motivado a se superar!

Como ser sustentável no setor automotivo

Capturar

Olá empreendedor! Hoje daremos algumas dicas sobre como ser sustentável no setor automotivo. Em décadas passadas essa não era uma preocupação tão grande, mas atualmente, além de ser uma ação benéfica ao planeta, também representa um diferencial competitivo. Por isso, é importante estar atento!

Porém, sendo os veículos fortes emissores de gases poluentes, encontrar alternativas que minimizem esse impacto na natureza se torna um grande desafio. Por mais que haja a preocupação ambiental por diversas empresas, muitas não sabem exatamente que destino final dar aos resíduos gerados por concessionárias.

Problemas na obstrução do sistema de drenagem urbana e contaminação de lençóis freáticos, além do esgotamento de aterros sanitários, são consequências do destino inadequado de resíduos.

Buscando solucionar isso, um primeiro passo é separar corretamente os resíduos poluentes gerados pelas empresas. Uma boa tática é utilizar uma caixa separadora para não misturar resíduos sólidos, água e óleo de setores de lava peças, lava a jato e piso da oficina, além de filtro de câmara da pintura e exaustor.

Mas de nada adianta propor essa separação adequada se não houver um treinamento para que os funcionários estejam aptos a realizar tal tarefa. É fundamental treiná-los para que a utilização de recursos naturais seja reduzida e a prática de reutilização de materiais e recurso seja incentivada. Invista nisso!

Um forte diferencial competitivo para sua empresa seria a obtenção de uma Licença Ambiental, que tem como principal característica a participação social na tomada de decisão, e a adoção de uma política ambiental declarada. Isso, com certeza, será um destaque para sua empresa se comparada às demais concorrentes no mercado. Agora que já aprendeu, que tal dividir nossas dicas?

Quer saber como registrar sua marca? O Makro te dá dicas!

Olá empreendedor! Sabemos da dificuldade que pessoas físicas e jurídicas que realizam atividades legalizadas encontram para registrar uma marca ou patente junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

Capturar

Para facilitar a sua vida na hora do registro, criamos um guia passo-a-passo bem simplificado com as informações e instruções necessárias. Confira:

1º Passo: Pedido comunicado
A etapa inicial envolve o reconhecimento do pedido de registro pelo INPI, e nela, qualquer terceiro também interessado pela marca pode apresentar oposição ao despacho em um prazo de 60 dias contados a partir da publicação da solicitação na Revista da Propriedade Industrial (RPI).

2º Passo: Deferimento
Após o seu pedido, o INPI julgará a procedência da marca e a coincidência da mesma com outros registros. Neste momento, é necessário pagar a contribuição referente aos primeiro dez anos de patente, sendo o valor definido pela tabela vigente do Instituto.

3º Passo: Concessão do Certificado do Registrado
Durante este período, o certificado de registro ficará à disposição do titular representativo do INPI por até 60 dias contados a partir da data de publicação na RPI, que demarca o período de contagem dos primeiros dez anos de registro.

Documentação necessária
• Guia de recolhimento, que pode ser solicitado na Delegacia Regional do INPI;
• Formulário de solicitação de registro preenchido em três vias, que pode ser encontrado no próprio site do INPI;
• 15 etiquetas não-adesivas em preto e branco com medidas 6cm x 6cm contendo o logotipo da marca.

Empresas LTDA:
• Cópia e original/cópia autenticada do Contrato Social;
• Cópia e original/cópia autenticada do registro de CNPJ.

Empresário (firma individual):
• Cópia e original/cópia autenticada de Declaração de firma empresário;
• Cópia e original/cópia autenticada do registro de CNPJ.

Profissional autônomo:
• Cópia e original/cópia autenticada de Inscrição no ISS;
• Cópia e original/cópia autenticada de Carteira de Identidade;
• Cópia e original/cópia autenticada de CPF.

Os registros de marca têm prazo de validade de dez anos contados a partir da data de concessão, e podem ser prorrogados por períodos iguais e consecutivos! Agora, mãos à obra!

Pesquisa revela comportamento dos internautas na rede

Capturar

Olá empreendedor! Hoje vamos falar sobre uma pesquisa que mostra o perfil do brasileiro nas mídias sociais. A eCMetrics, Agência e Consultoria de Mídia Sociais que atua no planejamento, engajamento e monitoramento de marcas, entrevistou 2440 usuários, finalizando a pesquisa inédita em fevereiro de 2011.

Uma das primeiras conclusões – que interessa muito aos donos de e-commerce – é de que 26% dos internautas da pesquisa são fortes consumidores online e brand engagers (engajados com a marca). Ou seja, são pessoas que criticam ou consomem mídia social relacionada a marcas, produtos e serviços.

Homens e mulheres com mais de 45 anos, geralmente membros da classe A, representam a maioria dos consumidores online. Já os, mencionados anteriormente, brand engagers costumam ser de todas as classes, mas tem, em sua maioria, mais de 35 anos, entre homens e mulheres.

Por outro lado, a maioria das pessoas que usa a Internet apenas observa, participa ou cultiva contatos. Elas representam 36% dos internautas entrevistados. A pesquisa também evidenciou que 22% criticam ou reproduzem mídia nos canais digitais. Atente-se!

Já uma minoria de somente 16% produz conteúdo digital, seja criando textos, vídeos ou diversos tipos de mídia social. Essa porcentagem é, segundo as entrevistas realizadas, composta majoritariamente por mulheres de 18 a 34 anos, de todas as classes. Além de produzir conteúdo, elas também representam maioria na hora de comentar e criticar assuntos online.

A pesquisa conclui que as pessoas que mais aderem e gostam de participar de ações em redes sociais, os chamados joiners, são geralmente homens e 18 a 34 anos, a maioria da classe C, D e E. Inspire-se nas nossas dicas para fazer a diferença em seu negócio!

Que tal montar uma distribuidora de água?

Capturar

Olá empreendedor! Hoje vamos dar algumas dicas sobre como criar sua própria distribuidora de água. Aproveite o mercado em crescimento desde 2009 e aventure-se neste novo negócio.

Uma distribuidora de água oferece produtos variados, desde galões de 10 e 20 litros até copos e garrafas embalados. Por isso, é possível atender um público amplo, como empresas, hospitais, escolas e até domicílios. Não se esqueça de anunciar o serviço na internet, em jornais e revistas para divulgação de seu novo negócio.

Tenha sempre em mente que o equipamento fundamental de uma distribuidora de água é uma moto, mas esse serviço pode ser terceirizado para evitar gastos com contratação de um motoboy. Com relação à estrutura do negócio, você vai precisar de uma recepção com computador e telefone para controlar o estoque.

Como você pode perceber, esse tipo de empreendimento é relativamente fácil de ser feito, mas não se esqueça de fazer uma análise de mercado antes da abertura. Qualquer empreendimento por mais simples que seja exige o conhecimento do ramo. Além disso, planeje as tarefas de cada funcionário, estabeleça prazos de retorno e metas de vendas.

Por fim, evite problemas com o consumidor e, possível, perda de clientes. Mantenha sempre os galões e garrafas em bom estado, deixe visível a validade de cada produto, tenha cuidado com as condições de armazenamento e, principalmente, garanta qualidade e higiene dos serviços. Levando esses pontos em consideração, sua distribuidora de água será um sucesso!

Pensando em transformar a loja física em virtual? Nós trazemos dicas!

Capturar

Olá empreendedor! Hoje as dicas serão de como transformar uma loja física em virtual. A venda online vem atraindo muitos empreendedores pelo alto faturamento que ela viabiliza. Alguns sites de compra já contam com mais de 80 mil pessoas cadastradas em seu sistema. Confira então as dicas e direcione o seu negócio.

Para ter uma loja virtual você vai precisar de uma estrutura. Nela deve constar um galpão para estoque, banheiros, cozinha e estacionamento de fácil acesso. Empacotadores, entregadores, atendentes online e administradores serão necessários. E para o site, contrate uma agência especializada. Eles também costumam auxiliar com estratégia de vendas e captação de clientes.

Ter uma equipe de web marketing sem dúvidas é fundamental, não só para a criação do site, mas também para o monitoramento de possíveis falhas e queda de sistema. Para o investimento, serão necessários pelo menos sete mil reais. Considerados os demais requisitos, o total para o empreendimento ficará em torno de 50 mil reais.

Não se esqueça de considerar alguns gastos mensais ou anuais fixos, como os de manutenção do domínio do site e os custos de hospedagem em outros servidores. Se atente a isso para que o site não fique fora do ar. Afinal, sem o site na Internet, não há vendas.

Como a concorrência online é maior, dado que as pessoas tem maior facilidade de acesso a outras marcas, inove! Este é o segredo do sucesso. O layout do site deve ser fácil para acessar e prático para usar. Atualize constantemente, criando assim uma interação com os clientes, facilitando a fidelização. Além de que, com maior abertura aos clientes, eles possivelmente relatarão problemas ou sugestões.

Outra dica: se couber no orçamento, contrate uma equipe de SEO (otimização de sites) – às vezes a própria agência de marketing oferece este serviço. Isso melhora o posicionamento de sua loja virtual e a atualização da mesma de acordo com as exigências de sites de busca, como Google e Yahoo.

Reduza o desperdício de alimentos em seu estabelecimento

Capturar

Olá empreendedor! Hoje vamos dar dicas de como reduzir o desperdício de alimentos em seu restaurante. Estudos indicam que quase metade da comida produzida em todo o mundo, seja durante o plantio ou em grandes estabelecimentos alimentícios, é desperdiçada. Comer fora de casa vem se tornando cada vez mais comum no dia a dia. Com base nisso, preparamos algumas dicas para você evitar perdas em seu negócio.

Primeiro, é importante que o comerciante tenha em mente os benefícios desta economia para que ela se mantenha. A principal vantagem é financeira, dado que economizar alimento é reduzir os gastos e, portanto, obter maior lucro no final do mês. Mas, além disso, a empresa torna-se mais competitiva com relação a seus concorrentes, visto que há um aumento da produtividade.

O dinheiro economizado com perdas desnecessárias pode ser reinvestido no próprio negócio, para pagar dívidas, reformar alguma área precária e que necessita de reparos ou, até mesmo, inovar na forma de produzir.

Para que a economia seja visível para os donos do negócio, crie um relatório sobre o que pode ser feito em cada setor visando reduzir perdas. Estabelecer quais os passos para a mudança e prazos para que elas ocorram motivam todos a alcançar o objetivo. Estabelecer um comparativo entre os gastos antes das mudanças e, por exemplo, quatro meses após ela fornecerá dados concretos sobre o quanto se economizou.

Outra forma mais rápida e eficiente de reduzir desperdícios é investir na modernização de equipamentos. Lembre-se que a tecnologia está a favor dos empreendedores. Por exemplo, utilize uma fritadeira elétrica que reduz o desperdício de óleo em 60%. Esta ação permite que os alimentos sejam fritos no mesmo óleo e evita emissão fumaça. Congelar algumas comidas em porções também evita que alimentos não consumidos sejam descartados.

Além das já mencionadas, uma das melhores dicas é criar um cardápio inteligente, ou seja, oferecer três tipos de carne com três tipos de guarnição. Evite variar demais o cardápio. Crie opções específicas para cada dia da semana.

Lembre-se que você deve sempre buscar ao máximo reduzir as perdas em seu estabelecimento. Essas perdas não precisam se limitar só à alimentos, reduzir gastos desnecessários em outras áreas, como economizar energia utilizando refrigeradores mais modernos, também ajuda no negócio como um todo. E, dada a atual situação do país, economizar água será benéfico para você e para todos!

Saiba como decorar um salão de beleza

Capturar

Olá empreendedor! Hoje vamos dar algumas dicas sobre como decorar um salão de beleza. Clientes de um salão buscam, basicamente, ficar mais bonitas. Para satisfazer esse desejo invista em alguns truques e táticas de decoração que valorizam o ambiente. Afinal, para sentir-se bem, nada melhor que estar em um lugar agradável e aconchegante!

O primeiro passo é, sem dúvida, definir um estilo. Misturar estilos pode cansar e confundir o cliente. Seu salão pode ter como base um estilo mais clássico, com tendências greco-romanas, além de colunas e formas arredondadas. Porém, se você busca um design mais clean e moderno, opte por pilastras de metal arredondadas, tijolos vazados e móveis com bordas lisas.

Outro estilo que ganhou força nos últimos anos é o vintage, com grande influência dos anos 40 e 50. Caso você opte por esta opção, aparelhos multicoloridos caracterizam bem o ambiente. Uma boa ideia é garimpar peças de decoração em brechós, pois, além de economizar, tem tudo a ver com a proposta.

A iluminação do salão tem um grande impacto no sucesso. Aplicada mais forte, além de remeter à limpeza, aumenta o ambiente e traz um ar de elegância. Utilize luminárias menores em cada canto dos espelhos e uma longa, ou um lustre no centro do salão. Distribuir abajures em cantos do salão traz aconchego, principalmente se você busca um conceito vintage.

Os diversos tipos de piso representam diferentes estilos. Assentá-los na diagonal traz maior amplitude ao ambiente, esse é um truque recomendado. Utilize pisos de cerâmica e porcelanato com estilo clássico. Agora se o chão for de concreto ou lâminas de madeira facilita na limpeza e combina com o estilo mais moderno. Busque sempre harmonia com as cores do salão.
O balcão do espelho deve ser bem iluminado, podendo ter mesinhas individuais ou grandes balcões. Utilizar papel de parede atrás do espelho é uma boa dica. Não se esqueça, também, de aproveitar cada espaço do salão, instalando prateleiras e nichos. Isso ajuda na organização dos utensílios e causa boa impressão aos clientes.

Para definir o layout, leve em consideração o estilo utilizado em todos os itens já mencionados. E não se esqueça: a decoração de seu salão de beleza deve ter como base não, necessariamente, o que seu cliente precisa, mas o que ele quer.

Já pensou em abrir uma lavanderia?

Capturar

Olá empreendedor! Hoje vamos falar todos os passos necessários para abrir uma lavanderia. Este tipo de empreendimento tornou-se famoso no Brasil com a vinda de imigrantes japoneses e italianos, e nos últimos anos o setor apresentou forte crescimento. Alguns eventos, como a Copa do Mundo, influenciaram neste aumento.

O momento está propicio para abrir este tipo de comércio. E por que não? É importante saber que ele pode ser voltado para dois segmentos de mercado: o doméstico e o industrial. O primeiro atende pessoas que não possuem tempo para lavar sua própria roupa. Enquanto que o segundo atende principalmente a hospitais, hotéis e restaurantes. Hoje em dia, a maioria é voltada para o setor doméstico. Segundo o Sindicato de Lavanderias e Similares do Município de São Paulo e Região, apenas mil, das 8 mil lavanderias do Brasil, são para a indústria.

Com base nos dados já apresentados, nota-se que o setor apresenta grande concorrência. Por isso, buscar uma localização estratégica, próxima a grandes centros com intenso fluxo de pessoas, sem dúvidas ajuda na conquista da clientela. Oferecer serviços extras como lavagem de couro, pele e pequenos consertos, também pode ser um diferencial. Lembre-se que trabalhar com responsabilidade social é valorizado pelos clientes – invista nisso!

Para quem buscar abrir uma lavanderia doméstica o investimento, considerando primeiro aluguel, contratação de funcionários, despesas com abertura da empresa e outros, varia entre 60 e 100 mil reais. Esses são valores estimados, sendo assim o capital de giro, dependendo do tamanho do estoque e o prazo de pagamento dos clientes, devem ser de 10 mil reais e o retorno entre 18 e 24 meses. Isso depende da localização da lavanderia.

Não se esqueça de definir a organização interna da empresa para que os produtos não se misturem e para que haja um controle do recebimento e entrega a clientes. Utilizar um software específico para o cadastramento dos produtos e clientes é um bom conselho. Caso você opte por um serviço de entrega própria, não terceirizada, invista nos trajes específicos dos funcionários. Dessa maneira você ajuda a evitar contaminação, caso retire peças para lavagem em hospitais.

Para abrir sua empresa contrate um contador para auxílio no processo de registro, exigências fiscais e impostos referentes ao setor. Assim como mostramos aqui no blog no post “A importância de um contador”, este profissional é essencial no processo de abertura de uma empresa e pode ajudar em alguns aspectos financeiros do empreendimento. Boa sorte!