Nova lei promete formalizar o banho e a tosa

Em vários Estados do Brasil estão surgindo projetos de lei que visam formalizar o banho e a tosa dos animais em pet shops e veterinários. Projetos que, de um modo geral, estabelecem padrões de funcionamento desses estabelecimentos. Segundo os autores das leis, a medida é para proteger os animais de possíveis maus tratos.

Segundo o projeto de lei do Paraná, por exemplo, O serviço de banho e tosa em animais de estimação só poderá ser feito sob total visibilidade dos donos – inclusive com a exigência de filmagem e exibição do procedimento em tempo real pela internet. Os pet shops e outros estabelecimentos terão um tempo para se adaptar. Tendo sido sancionada e publicada, os donos dos estabelecimentos deverão guardar as imagens filmadas por seis meses. Quem não cumprir as determinações poderá ser multado em até R$ 10 mil. As mudanças valeriam apenas para banho e tosa em cachorros e gatos.

O fato é que medidas como essa garantirão aos donos uma tranquilidade maior com relação ao estado do seu animal, assim como a ciência de com ele está sendo tratado. As imagens, sendo gravadas, servirão de provas para identificar possíveis culpados. Verifique se em seu estado não tem uma legislação específica sobre pet shops

Escolha o tipo certo de shampoo para cada tipo de pelo do cachorro

Já se foi a época que cachorros eram fregueses simples. O mercado de shampoo para cachorros, por exemplo, buscam se especializar cada vez mais para oferecer para aos donos o shampoo ideal para cada tipo de cachorro. Mesmo porque a pelagem dos cãezinhos exige cuidados especiais, evitando, assim, o cheiro desagradável nos pelos, pelos embaraçados e cheios de nós ou, até mesmo, o surgimento de irritações na pele do cachorro.

Os pelos caninos, assim como os nossos cabelos, tem características diferentes de animal para animal. Os shampoos para cachorros se preocupam especialmente com a textura, maciez, brilho e hidratação dos pelos do seu pet.

De um modo geral,são três os tipos de shampoo para cães. Shampoos para pelagem clara, que na verdade servem para manter por mais tempo a cor do pelo, uma vez que, por ser claro, este tende a sujar com mais facilidade. Tem os shampoos para pelagem escura, que visam manter o brilho por mais tempo, afinal, pelos escuros perdem o brilho mais rapidamente. E por fim os shampoos neutros, que servem para todos os tipos de pelos, eles costumam ser mais baratos que os específicos.

Os cachorros podem ser alérgicos a alguns produtos desenvolvidos para o Ser Humano, por esse motivo, não se recomenda utilizar os shampoos desenvolvidos para as pessoas nos cães.

Como manter o seu pet shop limpo

Ter um estabelecimento limpo é fundamental, ainda mais quando se trata de um pet shop. Os animais são tão sensíveis ao cheiro como também produzem fortes odores. A higiene deve ser prioridade nesse tipo de negócio. Tanto o cliente se sentirá melhor, quanto o seu animalzinho de estimação.

Repare que ao entrar em um pet shop, de cara, você já sente uma mistura de aromas pelo local. São variados tipos de ração, petiscos e produtos aromáticos, sem contar o odor produzido por possíveis banhos e tosas realizados no local. Outro fator a se observar é a quantidade de pelos e penas que acabam por acumular em prateleiras e mesmo nos produtos. A limpeza deve ser frequente, principalmente com o uso de aspirador de pó, mas verifique primeiro a melhor hora, animais tem a tendência de não gostarem do som produzido pelo eletrodoméstico. O chão deve ser lavado com água sanitária e, em uma segunda vez, com algum desinfetante específico para remover odores de animais.

Se no seu estabelecimento tem pássaros ou hamsters também é importante que haja a limpeza das gaiolas. Elas, quando suja, produzem mal cheiro. Sabe aquela famosa frase de que a primeira impressão é a que fica. Pois é, não é porque os produtos são para animais que os seus donos não se importarão com a manutenção e limpeza do lugar.

Qual a melhor ambientação para degustar vinho?

Realmente, tomar um bom vinho é um prazer inigualável, mas como degustar a bebida? Apesar de ser versátil, é certo que uma taça fica melhor quando apreciada em boa companhia, em um lugar aconchegante e até mesmo divertido.

Apesar de os lugares e as formas de beber vinho sejam muitas vezes clichê, há pesquisas que vão além na resposta do lugar certo para a degustação. Cientistas alemães citam que a experiência fica mais agradável quando os rótulos são apreciados em um ambiente azul ou com luzes vermelhas.

Segundo os estudiosos, nesses lugares o cérebro é levado a acreditar que o vinho é de melhor qualidade e até mais caro. Na pesquisa, os cientistas ofereceram uma garrafa de Reisling para rapazes e moças e pediram a eles que bebessem em salas diferentes.

Na sala com luz vermelha, os participantes da pesquisa perceberam que o vinho ficou com sabor frutado, diferente do que acontecia nos ambientes verde e branco. Já na sala com tom azul, os apreciadores avisaram que pagariam mais pela bebida degustada.

Mas será que é possível criar um ambiente aconchegante mesmo sem as duas cores? Sim, é possível, por isso listamos nove ações que você pode fazer para transformar o ambiente do seu restaurante mais propício para apreciar o vinho:

1. Coloque castiçais na mesa, deixe o clima com um ar romântico, seja para dois ou para criar um ar de mistério e saudosismo no ar.

2. Que tal colocar as mesas do seu restaurante em direção ao pôr do sol? É uma boa maneira de combinar o prazer de ver maravilhas da vida com a degustação da bebida.

3.Trate de colocar uma música boa e que desperte sentimentos agradáveis em seus clientes.

4. Filmes sempre ajudam a relembrar momentos especiais. Insira um telão com filmes antigos próximo as mesas do salão do restaurante.

5. Faça promoções especiais com a bebida para o fim de tarde, e tente mostrar para seus clientes como é especial curtir esses instantes de final do dia e início da noite.

6. Faça um concurso de poesia no seu restaurante uma vez por semana, alinhando-a uma degustação da bebida. Que tal?

7. Coloque jogos simples de tabuleiros na mesa dos seus clientes e sugira que a cada rodada uma garrafa nova de vinho possa ser apreciada.

8. Promova discussões literárias com assuntos sobre vinhos em seu restaurante, sugerindo sempre que seus clientes provem a bebida citada no livro ou algo próximo do que é debatido.

9. Crie um clima de happy hour no seu restaurante. Ofereça comidinhas rápidas e vinhos refrescantes para seu cliente curtir com os amigos.

Mercearia móvel leva os produtos em cada bairro da cidade

É verdade que uma mercearia deve estar sempre à disposição do cliente. Afinal, a dona de casa nunca sabe a hora que faltará aquele ingrediente. Pensando nessa comodidade, um empresário de Chicago, nos EUA, lançou o FreshMoves, uma mercearia móvel.

O ônibus circula em lugares onde refeições saudáveis são insuficientes. A rota da mercearia começa sempre Garfield Park e vai até a Norte Lawndale, mas também visita uma escola e uma comunidade no bairro de Austin.

O destino do FreshMoves é estratégico, já que essa região tem predominância de pessoas que comem grande quantidade de fritura. O acesso a alimentos saudáveis também é ruim. Segundo pesquisas do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), cerca de 2,3 milhões de famílias norte-americanas vivem a mais de uma milha de um supermercado e o acesso via automóvel também não é bom.

O FreshMoves foi criado em 2011, por Steven Casey. A mercearia foi organizada em um ônibus reutilizado, e nela é possível encontrar 50 tipos de frutas, verduras e ervas frescas, organizadas dentro de compartimentos devidamente marcados.

Conheça as regras básicas da harmonização

Harmonizar vinhos e comidas pode ser uma tarefa mais fácil do que se imagina. Sim, com algumas regras bem simples é possível encontrar o equilíbrio perfeito para um jantar incrível. Veja o que é necessário para encontrar esse caminho:

1ª Regras básicas: vinho branco fica bem com peixes e frutos do mar, vinho tinto harmoniza com carnes e o vinho doce fica bem com sobremesas.

2ª Carnes: Vinho branco e tintos leves encontram o equilíbrio perfeito se harmonizado com carnes brancas. Já as vermelhas combinam muito bem com tintos fortes, viris e com taninos firmes.

3ª Molhos: Os molhos têm suas particularidades, mas também são muito fáceis de combinar, veja:
-O branco fica muito bem com vinhos brancos aromáticos e refrescantes;
-O molho ao sugo e ao pomodoro tem como melhor escolha um vinho tinto leve e com frescor;
-O à bolonhesa ou à amatriciana harmonizam bem com tintos de médio corpo a encorpados, com taninos e de boa acidez;
- Já aos quatro queijos e à carbonara se equilibram quando servidos com vinhos brancos ou espumantes intensos;
- O ao pesto ou ao alho e óleo casam bem com Sauvignon Blanc;

4ª Fortes x Fracos: vale sempre a regra que os vinhos mais potentes e encorpados ficam bem com pratos mais pesados, já os vinhos leves pedem pratos mais delicados.

5ª Vice-versa: Outra regra que nunca deve ser esquecida é que açúcar atenua acidez, acidez atenua gordura e suculência atenua tanino.

Textos Relacionados

        »  Delivery de cervejas na madrugada faz sucesso
        »  Semana do Cliente Profissional vai acontecer em Teresina
        »  Projeto prevê incentivar restaurantes que não fazem desperdício
        »  Para sua clientela: bolo de morango e chocolate
        »  Makro Atacadista chega a Mogi das Cruzes

Como fazer uma boa gestão de mercearia

Proprietários de mercearias devem saber que este tipo de comércio não é apenas uma alternativa àqueles que moram em bairros distantes de supermercados ou hipermercados, e sim um local onde os clientes possam suprir as necessidades do lar de forma simples e ágil, através de um serviço personalizado.

Mesmo que o seu estabelecimento já tenha se tornado uma referência entre os moradores da região, é importante estar sempre atento às oportunidades que podem agregar ainda mais valor ao empreendimento. Neste aspecto, uma boa gestão faz toda a diferença!

E como fazê-la de maneira assertiva a fim de conquistar e fidelizar a clientela? Comece pelo controle adequado do estoque, equilibrando os custos dos produtos em relação aos benefícios. Desta forma, é possível tirar mais proveito das diversas técnicas existentes para aumentar a rentabilidade e melhorar o fluxo de trabalho.

Outro fator muito importante é investir em profissionais com percepção aguçada para notar as formas de proporcionar mais facilidades aos clientes e, desta forma, destacar a mercearia das demais. Entre elas, a implementação de serviços extras como entregas em domicílio, ou ainda, especializar-se na produção de determinadas iguarias.

Por fim, um posicionamento estratégico dos produtos possibilita a permanência do cliente em sua mercearia por mais tempo. Além disso, apostar em displays atraentes, bem como negociar descontos com os fabricantes também geram bons resultados.

Como lidar com a concorrência da mercearia

Mercearia tem mais concorrentes do que se imagina. O supermercado, a lojinha do posto, a padaria, entre outros. Para que você se destaque é preciso preparar os melhores argumentos e o seu ponto de venda para cativar os clientes.

Para se dar bem neste mercado é preciso ser criativo e um grande detetive. Pesquise bastante seus concorrentes, vá a fundo, envie consumidores observadores ou visite o lugar com intuito de saber todo o seu diferencial, bem como as fraquezas que ele possui.

Pesquisado os concorrentes, estude sua empresa. Reveja ou faça um plano de negócios elaborado. Liste nele seus pontos positivos e negativos. Logo depois, veja as soluções para melhorar o que não está bem. A partir daí inove para sua mercearia se destacar.

Aliás, uma forma de conseguir inovar é fazendo uma pesquisa com seus clientes. Pergunte-os o que está bom ou ruim, e o que eles gostariam de encontrar na mercearia.

Feito isso, agora é hora de colocar tudo em prática. Tenha calma e paciência, muitas vezes uma decisão não será assertiva de primeira, será reformulada diversas vezes até chegar uma boa conclusão e execução.

Sommelier prova vinho antes da refeição? Essas e outras dúvidas de todo mundo!

Algumas pessoas têm dúvidas sobre as funções de um sommelier. Por isso, decidimos esclarecer alguns pontos, com as perguntas mais importantes sobre esse profissional. Veja abaixo algumas questões que você sempre teve dúvida:

Como o profissional deve escolher um bom vinho para o cliente?
Primeiro, o sommelier tem que ter amplos conhecimentos sobre o vinho. Saber combinar a bebida correta. Além de ser um exímio comunicador, ter paciência para tirar as dúvidas do cliente, questioná-lo sobre o que ele gosta e de criar a melhor situação quando a combinação escolhida pelo consumidor não fica bem. Tudo deve ser feito de forma cordial e tranquila. É preciso gostar de servir.

O sommelier precisa cheirar a bebida?
Sim, é por meio dessa tática sensorial que é possível treinar os sentidos para perceber se o vinho está na qualidade ideal para degustação do seu cliente.

Sommelier prova vinho antes da refeição?
Depende, se o sommelier achar que tem alguma irregularidade com o vinho é bom prova-lo antes de servir para o cliente. Há diversos procedimentos a serem feitos além desses, um deles é colocar o termômetro para ver se a bebida está na temperatura ideal.

Um sommelier precisa entender de gastronomia?
Este profissional precisa ser especialista em vinhos e também em gastronomia. Afinal, ele precisa entender desde texturas até temperos usados em cada prato para oferecer o melhor vinho para o cliente.

Como o sommelier conhece novos vinhos?
Com muito estudo e atualizações. Este profissional nunca pode parar de estudar, precisa buscar informações, fazer novos cursos, ler publicações especializadas. Aliás, o assunto a ser aprofundado não é apenas vinho, mas história, geografia, entre outros. Sim, é preciso saber sobre as regiões vitivinícolas e muito mais. Além disso, mais saber falar mais de um idioma é o ideal.

A profissão é regulamentada?
É sim, a formalização aconteceu em 26 de agosto de 2011, por meio da Lei 12.467, que reconhece a importância do profissional no setor de alimentos de bebidas.

É preciso ter diploma para ser sommelier?
Sim, é necessário. Hoje, por lei a profissão de sommelier é regulamentarizada, como citamos acima. Por esse motivo, mesmo que você entenda muito sobre vinhos, o mercado pedirá um diploma. Aproveite os excelentes cursos existentes do país para se profissionalizar.

Um sommelier também é um comprador?
Esse profissional é sempre responsável pelo controle de estoque de garrafas de um restaurante. Ele sempre precisa deixar tudo em ordem em adega e também é responsável pela negociação da compra de novos rótulos para o estabelecimento.

Agora, que você já sabe o que é preciso para entrar neste universo, tente a sorte fazendo um curso de sommelier ou até adicionando um profissional gabaritado na sua empresa.

Textos Relacionados

        »  Bacalhau e Peru estão mais caros este ano
        »  Conheça as empresas que são sustentáveis no Carnaval
        »  Empresária usa sua criatividade para fazer roupas de padres
        »  As oportunidades que surgirão com os Mega Eventos que o Brasil vai sediar foram tema principal do Makro Extravaganza 2011
        »  Bolo de cenoura no café da manhã do hostel

Diferencie a sua mercearia com produtos importados

Uma mercearia com produtos importados pode ganhar mais destaque no mercado. Sim, quanto mais diferenciada for sua empresa, melhor serão as suas vendas. Afinal, os clientes gostam de variedade e de produtos de qualidade.

Para colocar os produtos, escolha com rigor, estude as marcas existentes no mercado, pesquise que setor você pode adicionar novidades e coloque os produtos em destaque nas gôndolas.

Outra dica é não comprar muito estoque de produtos importados. Antes de fazer a compra converse com seus clientes, veja quais marcas internacionais eles gostam e o motivo. Após essa pesquisa, adquira as novidades em pouca quantidade. Afinal, nem todos os consumidores serão fãs do que você adquiriu.

A Makro tem uma seção especial de produtos importados, para atender essa demanda de mercearia e garantir que essas empresas agradem seus clientes. Entre os produtos que são destaques: o Azeite português extra virgem, Aceto Balsâmico, Azeite italiano extra virgem, Massas, Purê de tomate Italiano, Tomate italiano pelado, entre outros.