Saiba como manter as folhas da salada crocantes por mais tempo!

shutterstock_290288030

Olá empreendedor! Hoje daremos uma dica excelente pra você que é dono de restaurante ou pretende abrir um negócio e não quer perder dinheiro com desperdício. Para dar inicio a nossa semana, falaremos sobre como manter as folhas de uma salada limpas e frescas por mais tempo.

O primeiro passo é lavar as folhas. Você deve separar uma a uma e deixar em uma vasilha de água por aproximadamente 5 minutos. Após esse período, utilize uma secadora de salada centrífuga para secá-las. Caso ache necessário, deixe-as secar por uns minutos antes de realizar esse processo.

Separe um pouco de papel toalha e coloque sobre a mesa. Retire as folhas de alface e deixe secar por uns minutos sobre o papel. Repita o processo até que todas as folhas estejam secas. Caso queira economizar em papel toalha, você pode também deixa-las secar sobre uma toalha, desde que ela esteja limpa e seca.

Depois deste processo, coloque as folhas de alface em sacolas grandes térmicas e guarde na geladeira. De preferência, deixe na gaveta de vegetais da geladeira, onde a temperatura é adequada a esse tipo de alimento. O armazenamento é recomendado por até 2 semanas. Após esse período, a verdura deve ser descartada.

Para manter a crocância, é necessário cobrir o recipiente em que as saladas ficam com papel toalha e papel filme, mantendo-a assim na geladeira até o momento de utilizá-la. Seguindo essas dicas, você reduzirá perdas, além de oferecer uma salada muito mais fresca e crocante para seus clientes.

Confira dicas para lidar corretamente com o forno a lenha de sua pizzaria

Makro - Pizzaria

Olá empreendedor! Você é dono de pizzaria, mas sempre tem problemas com o forno a lenha? Por ser o principal motor de seu negócio, é fundamental saber manejá-lo da forma correta a fim de evitar problemas que possam prejudicar o andamento do negócio. O Guia do Empreendedor Makro te ajuda com algumas dicas:

  1. Limpe sempre o forno para que não fiquem resquícios de alimentos ou mesmo cinzas. Para manter um padrão de qualidade constante em seu negócio, é fundamental seguir certos requisitos de limpeza.
  2. Utilize eucalipto, por ser o melhor tipo de lenha para pizzaria. É ideal, pois não deixa cheiro, nem gosto, no alimento que está sendo preparado. Esse tipo de madeira é, normalmente, vendido em carvoarias em tamanhos ideais já para oforno a lenha.
  3. Faça o fogo no centro do forno. Utilize acendedores de fogo, gravetos e lenha. Os gravetos ajudarão o fogo a pegar mais rapidamente. Após a chama ficar mais uniforme, acrescente gravetos e pedaços de lenha para manter um fogo constante. Mantenha esse fogo na mesma altura por aproximadamente 20 minutos.
  4. Atente-se ao teto do interior do forno. Quando a fuligem do fogo mudar de preto para branco, é um indicativo de que as paredes atingiram a temperatura ideal.
  5. Empurre o fogo e os carvões para o lado do forno quando o teto inteiro ficar branco. Esse é um indicador de que o forno inteiro está ficando com a mesma temperatura. Isso ajudará para que a pizza fique uniforme.

Alguns estabelecimentos se destacam em qualidade simplesmente por saberem manusear melhor o forno a lenha ou por usarem madeira melhor, como o eucalipto que não altera o alimento a ser preparado. Atente-se a esses detalhes para tornar sua pizzaria uma das melhores e aumentar cada vez mais as vendas.

Boa sorte, empreendedor!

Harmonize vinho e pimenta com as dicas do Makro Speciale

shutterstock_259104998

O universo gastronômico guarda segredos que poucos imaginam!

Uma das combinações mais intrigantes e que à primeira vista pode parecer complexa ou mesmo impossível é a de vinho com pimenta. A ardência de um parece não lidar bem com os aromas frutíferos do outro, mas na realidade as possibilidades são diversas e os resultados maravilhosos!

Para chegar a harmonizações saborosas, primeiro é necessário saber como se dão os efeitos de cada um dos componentes no paladar.

Do lado da pimenta, algumas substâncias (capsaicina e piperina) provocam ardor nos receptores nervosos da boca, que respondem com a liberação de saliva e endorfina, anestesiando a região e reduzindo a compreensão de diferentes gostos.

Para atenuar este efeito analgésico, alguns vinhos podem ter sua acidez e sua doçura aproveitados, e dois tipos deles são especiais para este fim: os brancos e rosés, principalmente no caso dos mais ácidos.

Nos casos de vinhos tintos, a situação é mais delicada, já que a pimenta pode acentuar o sabor do tanino, gerando amargor ainda mais intenso. Por isso, vinhos mais leves e com menor presença de taninos serão melhor harmonizados.

Independente da escolha procure não exagerar na quantidade de pimenta, ou senão não haverá nenhum vinho com características ácidas o suficiente para chegar a uma boa combinação!

 

Conheça receitas inovadoras de carnes recheadas para sua lanchonete e restaurante

shutterstock_264801014

Olá empreendedor! Você é dono de uma lanchonete ou um restaurante e quer inovar na cozinha? Oferecer diferentes opções de pratos é sempre um diferencial para qualquer estabelecimento. Mesmo sabendo disso, poucos buscam se inovar constantemente. Hoje o Guia do Empreendedor Makro te ajuda nessa estratégia ensinando duas receitas saborosas de carne recheada.

  • Filé mignon recheado:

Ingredientes: 2 colheres (sopa) de suco de limão, 1/3 de xícara (chá) de vinho branco, 2 colheres (sopa) de óleo, 1/3 de xícara (chá) de conhaque, 2 colheres (sopa) de manteiga, 2 colheres (sopa) de alecrim, 200g de presunto cru cortado em fatias, 2 dentes de alho amassadas, 1 kg de filé mignon, sal e pimenta do reino a gosto.

Modo de preparo: Abra o filé ao meio para temperá-lo com sal, alho e pimenta. Ponha o alecrim e as fatias de presunto sobre o filé aberto. Dobre a carne, fechando-a e, pós isso, amarre com um barbante. Unte o filé com manteiga, coloque em uma assadeira e regue com o conhaque. Deixe na geladeira por uns 30 minutos até a manteiga endurecer. Após esse tempo, frite a carne em óleo quente, virando-a um pouco para que os dois lados dourem. Acrescente o suco de limão quando a carne estiver dourada e espere mis 5 minutos. Espete a carne para ver se já está no ponto. Se o espeto sair rosa, está pronto.

  • Lagarto recheado com maçã:

Ingredientes: 1 colher (chá de farinha de trigo), 1 xícara (chá) de água quente, 1 xícara (chá) de vinho branco, ½ xícara (chá) de ameixas secas, ½ xícara (chá) de óleo, 1 cebola picada, 2 maçãs descascadas e cortadas em pedaços, 1,2 kg de lagarto limpo, sal e pimenta do reino a gosto.

Modo de preparo: Fure a carne no meio e retire um “miolo”. Tempere essa parte com sal e pimenta. Misture metade da cebola com as maçãs e as ameixas. Recheie a carne e feche a abertura com palito de dente. Aqueça o óleo em uma panela de pressão e doure a carne. Junte a cebola restante e mexa por aproximadamente mais 2 minutos. Acrescente vinho e complete com água.  Tampe a panela e cozinhe por 30 minutos até a carne ficar macia. Abra a panela, retire a carne e mantenha-a quente. Polvilhe a farinha de trigo no caldo do cozimento e mexa até engrossar o molho. Sirva a carne fatiada com o molho quente.

Alguns restaurantes oferecem opções sempre muito semelhantes, os chamados pratos executivos. Você pode acrescentar essas duas novas opções que ensinamos para diferenciar-se de seus concorrentes e atrair ainda mais clientes!

Aprenda 3 receitas de recheios de sonho para inovar em sua padaria

shutterstock_166575488

Olá empreendedor! Quer inovar em seu negócio? Aumentar as opções oferecidas no cardápio de seu estabelecimento? Hoje o Guia do Empreendedor Makro te ensina a fazer três diferentes tipos de recheio para sonho. Por ser um doce que a maioria das pessoas gosta, é sucesso na certa.

Antes de aprender o recheio, vamos à receita da massa:

Ingredientes: ½ xícara de chá de açúcar, 1 kg de farinha de trigo, 2 xícaras de chá de leite, 150g de fermento biológico, 2 colheres de sopa de margarina sem sal, 2 colheres de sopa de chocolate meio amargo em pó, 2 ovos, 1 colher de sopa de óleo, ½ colher de sobremesa de baunilha.

Modo de preparo:misture a farinha de trigo, o fermento, metade do açúcar e o leite em uma tigela grande. Deixe descansar por 30 minutos. Após esse período, acrescente a outra metade do açúcar, os ovos, a baunilha, o chocolate e a margarina dissolvidos em 1 colher de sopa de óleo. Quando a massa estiver lisa e macia, faça bolinhas, cubra e deixe descansar por mais 30 minutos. Em óleo morno, frite os sonhos, virando o tempo todo.

Depois de aprender a fazer a massa vamos aos deliciosos recheios:

  • Recheio de prestígio:

Ingredientes: 1 colher de sopa de margarina sem sal, 3 colheres de sopa de açúcar, 2 claras, 1 lata de leite condensado, 100g de coco ralada umedecido em 2 colheres de sopa de água.

Modo de preparo: Em uma panela, misture as claras e o açúcar. Acrescente leite condensado, margarina e coco ralado. Leve ao fogo baixo até engrossar.

  • Recheio de creme de maçãs:

Ingredientes: 2 ovos, 1 colher de sopa de maizena, canela em pó, 1 colher de sobremesa de essência de baunilha, 1 xícara de chá de açúcar, ½ xícara de chá de água, 1 xícara de chá de leite, 3 maçãs médias descascadas.

Modo de preparo: Com uma colher de açúcar, cozinhe as maçãs até ficarem macias. Retire do fogo e acrescente uma colher de canela em pó. Misture bem e reserve. Em meio copo de leite, adicione a maizena e reserve. Aqueça o leite e o açúcar em fogo baixo. Acrescente os ovos e mexa até ferver. Após isso, acrescente a manteiga, a essência e, aos poucos, a mistura de maizena até engrossar. Por último, acrescente as maçãs cozidas e mexa bem. Depois de frio, recheie os sonhos. Pulverize os sonhos com açúcar de confeiteiro.

  • Recheio de brigadeiro:

Ingredientes: 3 colheres de sopa de chocolate em pó, 1 colher de sopa de margarina e 1 lata de leite condensado.

Modo de preparo: Leve ao fogo todos os ingredientes até obter consistência no creme. Após frio, recheie os sonhos.

Você pode ver como essas receitas são fáceis e extremamente saborosas! Analise se é viável acrescentá-las ao seu menu, considerando custos e possíveis lucros, e ponha a mão na massa. Boa sorte, empreendedor!

Dicas de drinks para aquecer os dias frios

shutterstock_157051052

Seja para receber os amigos ou celebrar junto a familiares apreciar um bom drink é sempre um excelente ritual.

Os mais costumam vir com de gelo e frutas, fazendo jus ao clima tropical brasileiro, mas há algumas combinações especiais capazes de aquecer qualquer dia frio, e você confere algumas delas aqui, no Guia do Empreendedor Makro:

 Caipirinha de vinho tinto

Ingredientes: Vinho tinto seco, 1/2 limão siciliano e duas colheres de açúcar.

Preparo: Aperte o limão e adicione o açúcar em uma coqueteleira. A seguir, bata com gelo e inclua o vinho.

 

Negroni

Ingredientes: Uma dose de Campari, uma dose de vermute tinto italiano, uma dose de gim inglês e meia rodela de laranja com casca.

Preparo: Misture as três doses em um recipiente e sirva com a rodela de laranja.

 

Alexander

Ingredientes: 2 cálices de conhaque, 2 cálices de licor de cacau, 2 cálices de creme de leite, noz moscada ou canela em pó para polvilhar.

Preparo: Coloque todos os ingredientes na coqueteleira e bata bem. Polvilhe levemente com a noz moscada ou canela e sirva.

 Choconhaque

Ingredientes: ½ xícara de leite condensado, leite em pó a gosto, ½ xícara de conhaque, canela em pó para polvilhar.

Preparo: Misture o leite condensado e o chocolate em pó em uma xícara. Adicione o conhaque e continue misturando até ficar homogêneo. Leve o líquido ao microondas por um minuto, polvilhe com canela e sirva!

Pronto! Agora que você já sabe preparar saborosos coquetéis quentes, não fique mais em dúvida na hora de convidar os amigos para uma noite de frio em casa! Aproveite!

Sete passos para captar recursos e empreender

shutterstock_307300463

Olá empreendedor! Para finalizar a semana, hoje ensinaremos quais os passos para captar recursos e começar seu negócio próprio. Em um período econômico difícil, saber como obter informações e antecipar-se a riscos é uma estratégia fundamental na etapa de captação de recursos.

Um primeiro ponto é a busca de informações. Informe-se sobre todas as possibilidades de empréstimos e captação de recursos existente, seja empréstimo bancário ou até doações. Liste também quanto você busca obter e quais os juros ou riscos máximos que está disposto a arcar.

Após a etapa de reunir os dados de cada alternativa, escolha a que mais tem a ver como o modelo de negócio que você está buscando. Preparem-se para convencer os outros e, principalmente quem irá lhe oferecer os recursos. Saiba vender seu produto ou serviço como se ele fosse o melhor negócio do mundo.

Alguns documentos também são importantes para a obtenção de empréstimos bancários, como certidões negativas e não ter nome sujo na praça. Você deve ter todos os documentos requeridos o quanto antes para que você possa dar início ao seu empreendimento.

Por fim, saiba administrar os recursos obtidos, ou seja, faça um planejamento de como o dinheiro será gasto e em quanto tempo você passará a obter retornos sobre esse investimento realizado. E não se esqueça de atualizar constantemente o controle de gastos.

Conheça uma maravilhosa receita de Sushi vegano para atrair clientes em seu restaurante

shutterstock_307172081

Olá empreendedor! Você conhece o sushi vegano? Hoje, o Guia do Empreendedor Makro te explica como é feito o preparo e quais as vantagens de oferecer esse prato em seu negócio!

Algumas pessoas não frequentam restaurantes japoneses porque acreditam que todas as opções de pratos contém peixe cru, principalmente o salmão. Porém, essa é uma crença errada, dado que os famosos sushis podem ser feitos com frutas, legumes ou até ingredientes inusitados, como o tofu. Ou seja, não possuem nenhum tipo de carne.

Um dos tipos de sushis vegetarianos é o KappaMaki, recheado com pepino e muito saboroso. Hoje, te ensinaremos a receita que irá atrair ainda mais clientes para seu estabelecimento.

Ingredientes para o arroz: 2 xícaras de arroz próprio para sushi; 2 colheres de sopa de açúcar; 1 colher de chá de sal; 3 xícaras de água; ¼ xícara de vinagre.

Modo de preparo do arroz: Em uma panela, misture o arroz e a água e deixe em fogo baixo por 15 minutos. Depois disso, desligue o fogo e reserve por 15 minutos mais. Espalhe o arroz em uma bandeja e abane-o por 10 minutos aproximadamente. Dissolva em outra vasilha o açúcar, o vinagre e o sal. Despeje essa mistura por igual sobre o arroz e continue abanando até ele esfriar.

Ingredientes do recheio: pepino e folha de alga.

Modo de preparo do recheio: parta a folha de alga ao meio. Coloque-a na esteira com a parte rugosa para cima. Despeje uma camada fina de arroz, deixando aproximadamente 1cm da folha sem cobrir. Coloque tiras de pepino no meio. Com a ajuda da esteira, enrole o sushi e feche as extremidades com a parte não coberta de arroz (utilize água para facilitar). Com o rolinho pronto, é só cortar para chegar ao formato do sushi.

Oferecendo esta opção e algumas outras mais em seu restaurante, você conseguirá também cativar clientes veganos. Boa sorte em seu negócio, empreendedor!

Você sabe qual é o tipo de carne ideal para o seu prato?

shutterstock_71918206 (1)

 Olá empreendedor! Você sabe qual é o tipo de carne ideal para o seu prato? Com a economia em crise e os preços dos alimentos cada vez mais altos, evitar desperdício acaba sendo prioridade.

Há basicamente dois tipos de carne, as de primeira e as de segunda. Em termos nutricionais, elas não diferem muito. Porém, a carne de primeira é mais macia por localizar-se em áreas nobres do boi, evitando assim que elas enrijeçam com o passar do tempo.

Uma das carnes preferidas do consumidor brasileiro é o filé mignon por ser um dos tipos mais macios do alimento. Indicada para o preparo de pratos como estrogonofe e rosbife. Entretanto, por ser considerada mais nobre, costuma ser mais cara. Uma alternativa interessante e mais em conta é a fraldinha, que já foi considerada carne de segunda, mas apresenta intensa maciez e é muito indicada para churrascos e pratos assados.

Caso você busque fazer um caldo, o ideal – considerando custo/benefício – é o músculo. É uma carne muito saborosa e com preço bem atrativo. Ideal para o preparo de sopas e até de carne de panela. Já se o foco é sabor, a campeã em churrascos pelo sabor e maciez é o cupim.

Para o dia-a-dia, uma boa opção é a alcatra, por ser mais barata que o filé mignon e ainda possuir alta maciez. Mas a preferida para os churrascos de final de semana é a picanha. Dada sua espessa camada de gordura, é uma carne extremamente suculenta.

Portanto, escolha a carne que combine com o prato que mais te agrada. Evite escolher apenas pelo preço, pois às vezes o desperdício pode ser tão grande que deixará de compensar o valor reduzido.

Espumantes: aprenda como servi-los corretamente!

speciale1 (1)

Hoje, no Makro Speciale daremos dicas sobre como servir um espumante da forma mais adequada para seus convidados.

Os espumantes são os vinhos que, normalmente, são servidos com temperaturas mais baixas que a média dos outros. E por isso, existem alguns processos que devem ser levados em prática, para alcançar o sabor perfeito.

Em primeiro lugar, é importante saber que os espumantes são servidos nas taças flauta, aquelas fininhas. A haste é comprida e não tem bojo, por não ser necessária nenhuma oxigenação, já que o espumante possui gás carbônico, que libera os aromas da bebida.

As garrafas de espumante possuem a “gaiola”, que é facilmente removida, sendo descartado o uso do saca-rolha para a abertura da garrafa. E lembre-se: a não ser que você queira que haja uma explosão, como nas comemorações, chacoalhe a garrafa do espumante o mínimo possível, assim a bebida não perde o gás carbônico, tão importante para o sabor.

Resfrie as taças um pouco antes de servir a bebida e lembre-se de colocá-la na taça em duas etapas, evitando que o líquido transborde. Depois disso, mantenha a garrafa em um balde com gelo para que a bebida não perca temperatura e seus sabores originais.

Depois disso, é só brindar e apreciar!  Saúde!