Como divulgar sua empresa gastando pouco

Olá empreendedor! No post de hoje, trazemos dicas de como criar uma campanha de marketing para divulgar a sua empresa sem ter de dispender um capital muito grande, que pode ser essencial para outras áreas da empresa, principalmente se o seu negócio ainda está começando.

Capturar

A minimização das despesas sempre deverá ser uma preocupação do empreendedor para que se possa tornar a empresa competitiva e atrair os olhares dos clientes. Na divulgação própria, não poderia ser diferente, e por isso é importante manter um plano de ação bastante claro.

Para estruturar qualquer campanha ou estratégia de marketing, a empresa precisa compreender quais são os seus produtos e serviços, qual o valor dos mesmos no mercado e quais são os principais canais de venda para o seu público alvo. Com estas informações em mãos, é possível promover a marca de forma mais efetiva junto aos clientes, seja a partir de divulgação institucional ou de ofertas e descontos.

Para que se tornem efetivas, as ações devem contar com uma identidade visual definida e estar sempre direcionadas ao consumidor alvo, que contribuirá para a ampliação da demanda. Esta focalização pode ocorrer por qualquer meio, seja em jornais, televisão, rádio ou internet, e a escolha dependerá do perfil do cliente desejado.

A redução de custos depende, no entanto, de mídias alternativas, uma vez que a publicação em grandes veículos será sempre muito mais cara. Neste setor, uma das opções é o adesivo de chão, que coloca passinhos no chão com dizeres que promovem produtos da empresa. Como alternativa, há também os balões mascotes, que chamam a atenção dos consumidores de longe e podem atraí-los para o estabelecimento.

Outras mídias, como a Taxidoor e a Busdoor, que são vinculadas a táxis e ônibus que transitam por toda a cidade, também podem atingir um grande público por um preço bem abaixo de qualquer anúncio mais aprimorado. A aplicação da identidade visual nas portas de veículos da própria empresa apresentarão efeito similar por um custo ainda menor.

A organização das vitrines e da fachada também contribui para uma boa divulgação dos produtos e serviços oferecidos dentro da loja, tendo sempre que ser o mais comunicativos e convidativos possível.

Nas vias virtuais, também é possível obter uma boa divulgação através da elaboração de um site com facilidade de navegação e do uso de redes sociais com frequência para manter uma boa aproximação dos clientes.

Utilizando as mídias alternativas, é possível encontrar uma parcela do mercado pouco explorada pela concorrência de forma criativa, criando espaço para um aumento das vendas e para o fortalecimento da empresa no longo prazo.

Saiba tudo sobre licença para vender seu negócio nas ruas

Olá empreendedor! Hoje trazemos dicas para você que deseja levar o seu negócio para as ruas e aproveitar mais o movimento do seu bairro ou de algum ponto comercial com grande circulação, mas ainda está com dúvidas quanto a como legalizar a sua atividade.

Capturar

Principalmente para quem opera no setor de alimentos, a operação nas ruas pode ser bastante lucrativa com a venda de cachorro-quente, churros, pipoca, churrasquinho e muitos outros. Para garantir o funcionamento, no entanto, é importante contar com uma licença e atender a todas as exigências legais antes mesmo de começar o comércio.

Para atender à regulação, é necessário entrar em contato com a prefeitura de sua cidade e solicitar informações quanto às regras, leis e licenças relativas às atividades de ambulantes, pois cada município conta com uma série específica de requisitos para o setor.

Normalmente, o licenciamento incluirá o preenchimento de alguns documentos com informações pessoais, da empresa e do novo negócio, além de possíveis taxas praticadas para manutenção das atividades das secretarias ou órgãos responsáveis pela regulamentação e fiscalização na região.

Também podem haver exigências por parte do governo para que o comércio seja licenciado, como a renovação do vínculo anualmente – com pagamento de taxas —, ou a apresentação de certificados de participação em cursos de manipulação de alimentos e atestados médicos das Unidades Básicas de Saúde. Por isso, é importante estar informado sobre as regras específicas da sua cidade para atender às demandas da prefeitura.

E para legalizar as atividades junto aos governos estadual e federal, basta criar um CNPJ para o seu pequeno negócio através do site: www.portaldoempreendedor.gov.br e pagar as taxas mensais cobradas: R$56 de INSS, R$5 de prestação de serviço e R$1 por atuação como Comércio e Indústria. Assim, todos os impostos já estarão sendo praticados e não haverá nenhum entrave burocrático futuro para atrapalhar a operação do seu negócio!

Inove e aprenda a fazer uma Torta de caipirinha!

tortadecaipirinha (1)

Na cozinha, é sempre bom inovar. Seja para os clientes ou para trazer novidades dentro de casa, buscar pratos novos ou reinventar receitas comuns será uma excelente escolha a qualquer minuto! Por isso, hoje trazemos dicas de como renovar a torta de limão incluindo um novo ingrediente: a cachaça! Confira a receita:

Ingredientes
• 3 ½ xícaras de farinha de trigo
• 1 xícara de manteiga
• 1 xícara de açúcar
• 1 ovo
• 1 colher de fermento em pó
• Leite
• 1 lata de leite condensado
• 15 ml de cachaça
• ¼ xícara de suco de limão
• Raspas de limão

Preparo
1. Coloque a farinha, a manteiga, o açúcar, o ovo e o fermento em uma tigela e misture.
2. Adicione o leite enquanto mistura para obter uma massa homogênea.
3. Abra a massa com um rolo e a posicione em uma assadeira.
4. Faça pequenos furos na massa com um garfo.
5. Cubra a superfície com papel alumínio e leve ao forno. Asse em forno a 180º até ficar levemente dourado. Reserve.
6. Em uma panela, misture o leite condensado, a cachaça, o suco e as raspas de limão.
7. Leve ao fogo baixo e misture os ingredientes até que fique encorpado, mas evite deixar o caldo excessivamente grosso ou líquido demais.
8. Aguarde a massa e o recheio esfriarem.
9. Coloque o recheio sobre a massa e decore com raspas de limão.

Já pensou em trabalhar com venda de churros?

Olá empreendedor! Sabemos que o mercado brasileiro possui grande potencial de consumo no setor alimentício, principalmente para doces e salgados vendidos na rua. Por isso, hoje trazemos para você dicas de como abrir um negócio com potencial para se tornar um grande sucesso em qualquer ponto movimentado do país: venda de churros!

Capturar

Para quem quer abrir seu comércio de rua, ou mesmo para os que gostariam de diversificar o cardápio de doces em seus estabelecimentos ou food trucks, a aquisição de uma máquina de churros pode ser uma excelente decisão, uma vez que o produto é muito bem apreciado por todas as idades, e atrai bastante os olhares das crianças.

O investimento inicial desta produção inclui basicamente a compra da máquina –que pode ser acoplada a um carrinho—e dos insumos, que incluem uma massa à base de farinha, margarina, água e sal recoberta com açúcar, e o recheio, que pode ser de doce de leite, leite condensado, brigadeiro ou outras variedades de livre escolha.

Além destes custos, o empreendedor deve se preocupar também com despesas de higiene, transporte e embalagens dos produtos, os quais não chegam a demandar tanto do orçamento, mas são importantíssimos para tornar a experiência do consumidor mais agradável e atender às restrições da vigilância sanitária.

É importantíssimo estar atento ao material da máquina de churros para evitar que os produtos saiam danificados e acabem por aumentar os gastos. Além disso, a escolha da máquina também deve ser cautelosa para que haja eficiência para atender a toda a demanda. O equipamento completo precisa conter uma estrutura de chapa de aço galvanizado, uma cremalheira de aço temperado, corpo de alumínio e disco empurrador de massa.

Os carrinhos são um opcional, e dependerão da decisão do empreendedor. Os modelos são variados, e a maior parte deles é feita para aceitar qualquer máquina.

Uma vez definido o equipamento, é importante escolher um bom ponto de vendas, que esteja localizado em um local bastante movimentado, tal como áreas comerciais e centro da cidade. Para eventuais picos de demanda, deve-se sempre manter uma boa quantidade de churros pré-aquecidos, para que seja necessário apenas esquentá-los e recheá-los no momento da venda.

E para garantir que o estabelecimento não sofrerá com multas ou qualquer transtorno burocrático, é necessário licenciar o equipamento junto à prefeitura e órgãos responsáveis pelo setor alimentício da sua cidade.

Com um bom planejamento, é possível avaliar a demanda para adequar a oferta e crescer rapidamente, e também implementar inovações, como novos recheios, venda de churros congelados para produção a domicílio, ou mesmo serviços de entrega na redondeza, para ampliar os lucros do negócio!

Oportunidades de negócio no verão

Olá empreendedor! Com a chegada do verão, muitos negócios sazonais podem ganhar força, principalmente com o aumento da demanda por certos tipos de serviço e produtos durante os meses de dezembro e janeiro, período de férias de grande parte dos trabalhadores!

Capturar

Nessa hora, é importante abastecer os estabelecimentos com mercadorias para atender à alta da demanda e aproveitar as oportunidades para aumentar o faturamento para o resto do ano. Para o período, é importante estar em contato com fornecedores e até mesmo contratar funcionários temporariamente para suprir a demanda.

São diversas as oportunidades de negócio, indo desde serviços de estética, principalmente para as mulheres que desejam deixar o corpo em forma na estação mais quente, até vendas de sorvete e quiosques na praia, que podem se tornar extremamente lucrativos.

Colônias de férias, especialmente em praias, onde a movimentação é maior, possuem margem para aumentar os preços e podem lucrar também com serviços adicionais, como o aluguel de barracas e cadeiras de praia para o público em geral, que certamente acatará esta demanda.

Mas além do lazer, também há outros tipos de serviço que podem contribuir significativamente para o aumento dos lucros, como a oferta de intercâmbios e cursos de verão para estudantes que desejam aprender línguas estrangeiras durante a pausa das aulas.

Por fim, o setor alimentício será sempre um excelente caminho se houver uma renovação do cardápio com oferta de diferentes sabores de sorvetes, sanduíches naturais e refrescos. Em praias, o sucesso será garantido.

É importante manter um planejamento para conhecer bem o serviço a ser oferecido, estratégias de competição contra a concorrência e melhora da qualidade de atendimento. Com isso, é possível garantir uma boa rentabilidade e começar o ano com as finanças em dia!

Receita de Mojito

Capturar

Ingredientes

1 dose de rum branco
1 colheres (sopa) de açúcar
Suco de 1 limão
1/2 copo de água com gás (cerca de 100 ml)
1 ramo de hortelã (ceca de umas 10 a 12 folhas)
Gelo picado a gosto

Modo de preparo:

Coloque no copo onde vai ser servido o drink, o açucar, suco de limão e a água com gás.
Amasse bem o hortelã (esse é o segredo do bom mojito)
Adicione rum e gelo e está pronto para servir!

 

Como escolher o melhor ponto comercial

Olá empreendedor! Hoje traremos dicas de como selecionar um excelente ponto comercial para tornar o seu negócio um grande sucesso de público!

Capturar

Na hora de criar uma nova empresa, é essencial contar com um ponto comercial capaz de atrair constantemente novos clientes sem que haja custos adicionais de divulgação. Para tanto, é importante estar atento a alguns pontos principais na hora de tomar a decisão quanto ao local da empresa:

1. Analise seu mercado consumidor: com uma boa pesquisa do mercado, é possível descobrir onde está localizado o público-alvo do seu negócio e permanecer próximo a ele. Enquanto alguns setores se dão melhor em shoppings, outros podem obter mais vantagens com vendas na rua;

2. Possua várias opções: quanto mais possibilidades, mais fácil será definir aquela que possui menor custo e mais vantagens para o seu negócio;

3. Evite a concorrência: para ganhar destaque rapidamente, busque pontos comerciais com menos concorrentes diretos e indiretos;

4. Esteja próximo a grandes fluxos: vias com maior fluxo de pessoas tendem a proporcionar uma vitrine natural para o seu negócio que pode contribuir bastante para atrair novos clientes;

5. Considere o tamanho: alguns pontos podem parecer excelentes, mas maiores do que o necessário e, consequentemente, mais custosos. O inverso também pode ser verdadeiro, sendo importante escolher um espaço com tamanho adequado;

6. Atente aos arredores: higiene, segurança e facilidade de acesso são atributos extremamente importantes para o bem-estar do consumidor, e devem ser sempre levados em conta;

7. Conheça o bairro: identifique o perfil dos residentes do bairro para saber se poderão ser potenciais consumidores.

8. Preço: por fim, verifique se o preço realmente cabe no orçamento da empresa ou se é melhor escolher outro ponto que não prejudique tanto a saúde financeira do seu negócio.

Saiba quais são as vantagens e desvantagens de terceirizar serviços

Capturar

Olá empreendedor! Muitas vezes, algumas funções executadas dentro do seu negócio podem acabar incorrendo em custos de contratação, especialização e manutenção muito superiores do que quando terceirizados. A avaliação da real necessidade de subcontratar determinadas atividades depende, no entanto, de uma análise aprofundada do momento que a empresa vive.

Para ajudar na decisão quanto à terceirização, trazemos hoje algumas vantagens e desvantagens desta escolha para que você possa definir como proceder dentro do seu negócio.

Vantagens
• Redução de custos: no longo prazo, com a minimização dos custos de contratação de funcionários, é possível minimizar os gastos gerais com as áreas da empresa sob terceirização;
• Focalização da empresa em sua área de atuação: com a subcontratação de determinadas funções, é possível direcionar melhor os recursos para cumprir as principais atividades da empresa;
• Melhora dos serviços: por serem especializados nas funções atribuídas, os serviços terceirizados tendem a contar com profissionais mais experientes, favorecendo o desempenho destas funções;
• Otimização do tempo: a maior especialização dos serviços permite um aumento considerável na eficiência, principalmente porque grande parte dos processos será organizada diretamente pela empresa terceirizada;
• Facilidade para escalar: como os custos e o tempo de contratação são menores quando o serviço é terceirizado, é possível ampliar as atividades desta área da empresa rapidamente, permitindo maior fluidez ao crescimento do negócio.

Desvantagens:
• Possibilidade de perda de controle: ao encaminhar as decisões para terceiros, algumas podem se desvincular dos interesses da empresa e, eventualmente, virem a prejudicar os negócios;
• Cuidado com os gastos: ao mesmo tempo que a terceirização pode diminuir consideravelmente os custos da empresa, caso as decisões saiam do controle, é possível que haja custos para refazer cada etapa que podem acabar encarecendo a atividade.

Na hora de escolher entre terceirizar ou não, é importante estar atento principalmente aos custos envolvidos, uma vez que algumas funções podem acabar adquirindo grande importância no longo prazo e interferindo consideravelmente nas decisões da empresa, gerando custos indiretos por conta de atrasos ou perdas.

Como estreitar a relação com o cliente através das redes sociais

Olá empreendedor! Tem se tornado cada vez mais importante manter um contato permanente com os clientes em busca de aproximá-los da empresa, e o uso da internet – e especialmente das redes sociais—é essencial para esta tarefa. Por isso, no texto de hoje trazemos dicas de como você pode aproveitar melhor a rede a seu favor e conseguir estreitar a relação com os seus consumidores.

Capturar

O uso de redes sociais depende de uma estratégia de marketing pré-definida, que guiará todas as ações virtuais da empresa. Para estabelece-la, é importante, primeiramente, identificar o público-alvo das ações, seus principais interesses e o que pensam sobre os produtos e serviços oferecidos.

Uma vez definido o público, o principal objetivo de cada postagem deve ser de promover a interação do consumidor com a empresa. Para tanto, é importante que os clientes estejam à vontade com a ferramenta utilizada e mantenham certa frequência de acompanhamento da página. Assim, é necessário participar do máximo de plataformas possível para atrair diferentes grupos de interesse.

As opções mais comuns são: Facebook para publicações em geral, Twitter para pequenas chamadas, Youtube para vídeos promocionais ou institucionais e, atualmente, também o Instagram para fotos e pequenos clipes.

Cada rede conta com um formato específico de contato com o público, mas algumas dicas são válidas para todas as plataformas, e devem sempre guiar as postagens:
• Tente sempre aproximar o público da realidade da empresa, criando um ambiente mais confortável para que este relacionamento se estreite com o tempo;
• Realize promoções para fortalecer as ações de marketing e atrair novos clientes;
• Crie um canal aberto de comunicação com o consumidor e acate às sugestões do público;
• Incentive sempre a participação do cliente na página;
• Mantenha uma rotina de atualizações, tendo uma boa frequência de publicações e trazendo novidades para chamar a atenção dos seguidores.

Qualquer que seja a estratégia definida pela empresa –captação de novos clientes ou fidelização dos antigos—, o uso das redes sociais é, atualmente, indispensável, e pode gerar resultados até mais satisfatórios do que os obtidos com outros tipos de campanha.

Hotel Pet: boa época para investir neste negócio

Olá empreendedor! Hoje traremos dicas para você investir em um modelo de negócio que pode se tornar um grande sucesso nos próximos anos, principalmente por conta da movimentação do setor que cresce significativamente a cada ano! Estamos falando da elaboração de um Hotel Pet!

hotelpet2

Atualmente, pets são considerados membros da família e têm acesso a uma qualidade de vida de alto nível, havendo uma grande preocupação em relação ao bem-estar dos animais e uma propensão considerável ao dispêndio de recursos do orçamento familiar com o bicho de estimação.

Especialmente no final de ano, com a chegada do período de férias, pode ser extremamente rentável montar uma estrutura para receber e cuidar dos animais enquanto seus donos viajam. E o foco do negócio deve ser, sem dúvidas, o cachorro.

Gatos podem ser deixados em casa com uma caixa de areia e não se importarão de ficar um tempo sozinhos, enquanto que pássaros e peixes podem ser deixados com algum parente. Os cães, no entanto, precisam de companhia e acompanhamento constante, ou então os resultados podem ser desastrosos.

Para montar o hotel, é necessário ter um espaço considerável que seja capaz de abrigar todos os cachorros com conforto, e a melhor opção é que cada um deles tenha seu ambiente particular, longe dos demais, para não gerar conflitos que venham a estressá-los. Pequenas casas são o ambiente ideal, principalmente se tiverem diversos cômodos.

Além dos quartos dos animais, é necessário contar também com área para brincadeiras, sala para atendimento veterinário, mesa de secagem e acessórios de lazer e alimentação. A estimativa é de que sejam necessários R$150 mil para montar todo o espaço com todo o material necessário.

É importante também preocupar-se com a localização do hotel. Bairros residenciais tendem a contar com mais público, mas também necessitam de maiores cuidados, uma vez que o barulho e o lixo podem prejudicar a vizinhança. Para minimizar os conflitos, é possível forrar as paredes acusticamente.

Uma vez com o ambiente definido, é necessário contratar alguns profissionais, como veterinários, passeadores e tosadores para darem banho. Também é essencial contar com auxiliares administrativos e de serviços gerais que possam contribuir para qualquer necessidade urgente que venha a surgir.

Para os donos de petshop, a criação de um hotel pet é mais fácil, uma vez que o espaço já abriga profissionais especializados no tratamento dos hóspedes animais que facilitarão a montagem da equipe.

Com uma mão de obra qualificada e serviços de alta qualidade, é possível atrair cada vez mais clientes e ampliar a fidelização, que no longo prazo resultará em maiores lucros para o empreendimento. Por isso, investir em formas de capacitação da equipe e ampliar os tipos de serviço oferecidos –higiene, alimentação e até lazer para o animal—podem garantir ao negócio um diferencial considerável e extremamente rentável.